Friday, October 13, 2006

GRITAR PARA QUE?


Gritar para que gritar
Se a voz tremelicada pela fome
Não é ouvida,
Se o massacre pelos poderosos
Abafa a voz sem vida
Daquele que já não tem mais força
Para falar...

Gritar, para que gritar?
Se a desonestidade
Numa sociedade apodrecida
É algo esportivo natural
Sem nenhuma punição,
Onde o preconceito
É descomunal
E a dor daqueles
Que estão se esvaindo
É aguda
Quase irreversível.

Gritar, para que gritar?
Se apenas sou uma voz perdida
No meio de uma multidão
Uma gota de água
Nesse mar de insatisfação
Voz abafada
Pelo eco da corrupção.

Gritar, para que gritar?
Pois mesmo que tenha passado
O regime da ditadura
Os ditadores continuam
E sem fazerem nenhum regime
Engordam as custas
Do egro cidadão
Que oprimido
Grita em vão...